Quando devo procurar um psicólogo?


Muitas pessoas têm dúvidas sobre quando devem procurar um profissional de psicologia. E como sempre vamos responder esta questão.

QUANDO UM PROFISSIONAL DE SAÚDE TE ENCAMINHA

A princípio, esta situação pode parecer óbvia, mas muita gente subestima a necessidade de cumprimento dessa indicação.

Se você foi atendido por um profissional de saúde e ele recomenda que você consulte um psicólogo você não deve hesitar, afinal de contas estes profissionais são treinados para atender ao público encaminhar seus atendidos para os serviços de saúde. Logo, nesse caso não perca tempo.

QUANDO VOCÊ SE SENTE ESTRANHAMENTE IRRITADO, ISOLADO OU TRISTE

Observe estas situações perceba se você se identifica com elas:
  • As pessoas andam comentando que você anda mais irritado que o normal?
  • Está evitando contato com seus amigos ou deixou de fazer atividades que antes lhe davam prazer?
  • Você tem se sentido triste ou as pessoas têm comentado que você parece triste? 

QUANDO VOCÊ SENTE DORES DE CABEÇA, NO ESTÔMAGO OU OUTROS SINTOMAS QUE NÃO TÊM EXPLICAÇÃO MÉDICA

Se você tem um problema de saúde que é causado pelo stress, ou outra alteração psicológica o próprio médico irá lhe encaminhar para o psicólogo. Ressaltando que estes problemas devem ser primeiro investigados pelo médico.

QUANDO VOCÊ ESTÁ PASSANDO POR SITUAÇÕES DE STRESS OU TENSÃO

Dificuldades no relacionamento, trabalho, vida familiar, tudo isso pode gerar situações de stress. Como identificá-las: sintomas como insônia, má alimentação, tensão muscular e outros.

ALTERAÇÕES DE HUMOR, LUTO POR MAIS DE UM MÊS E OUTROS

Observe estas situações perceba se você se identifica com elas:
  • Seu humor muda com uma frequência que lhe incomoda?
  • Está sentindo luto por mais do que um ou dois meses e isso está atrapalhando sua vida? 
  • Não consegue lidar com o fim de um relacionamento que já acabou há algum tempo?
Procure um psicólogo.

TODO MUNDO PRECISA FAZER TERAPIA?

Em algum momento da vida, sim.

Existe um mito de que terapias duram anos e muitas vezes nunca acabam. Isso pode até acontecer em casos extremos,  mas não é regra. A duração da terapia é relativa.

Há questões que podem ser resolvidas em poucas sessões e outras mais profundas que realmente precisam de muito mais tempo, mas mesmo a duração da terapia pode ser acordada entre o psicólogo e o atendido. Geralmente isso é conversado, no início do tratamento o que não tira a possibilidade de ser discutido durante o mesmo.

Espero ter ajudado. Qualquer dúvida deixe um comentário. 

Também atendemos Volta Redonda e região na clínica do espaço:

"Studio Libra
R. Norival de Freitas, 52 - Sala 2 - Aterrado, Volta Redonda - RJ. 
Telefone: (24) 3075-0774

Comentários

Artigos populares