Resenha: Star Wars Episódio VII


< Este texto não contém spoilers! Leia com segurança.>

STAR WARS é uma franquia que já conquistou várias gerações. O primeiro filme fora lançado em 1977, atravessando toda a década de 80, renascendo em 99 para cativar novo público e novamente agora em 2015 após a LucasFilm, empresa criada por George Lucas, autor deste universo, vender o estúdio para a gigante Disney.

Agora nas mãos do diretor, roteirista e produtor J. J. Abrams, que já havia ressuscitado outra franquia de ficção científica no cinema, STAR TREK, trabalha agora STAR WARS um dos universos de ficção científica mais amados da cultura pop que ganhou nova roupagem, sobretudo, resgatando a estética tanto narrativa quanto visual, da triologia clássica da década de 80.

ALTOS E BAIXOS.

É conhecido pelos fãs mais ávidos da série que os fimes das décadas de 70 e 80 não tiveram o domínio completo de George Lucas, que na época era um jovem cineasta com grande paixão pela ficção científica e filmes de guerra, principalmente aqueles que falavam sobre batalhas aéreas durante o conflito mundial.

No entanto, quando a série ganhou novo fôlego em 1999 o autor decidiu contar o começo da história com o Episódio 1, acrescentando novos elementos a série, mudando muito da estética e da narrativa já conhecidos da triologia clássica. O que não agradou muito os fãs veteranos da franquia, mas foi o suficiente para trazer aquela nova geração para o grande núcleo de fãs que obra tinha.

O HYPE STAR WARS

No entanto, STAR WARS é uma franquia com um núcleo consolidado de seguidores que consomem todo o material que seja disponibilizado sobre a série. E isso vai muito além dos filmes.

Afinal de contas esta é a série conhecida por revolucionar o merchandising cinematográfico, vendendo livros, revistas em quadrinhos, brinquedos, itens colecionáveis e muito mais.

Por ter atravessado gerações, pais e filhos acabam compartilhando sua paixão por STAR WARS o que proporcionou momentos lindos nesse fim de semana de estreia onde se pode ver famílias inteiras com as camisetas de STAR WARS desfilando pelos cinemas.

A produção do Episódio VII também não deixou para menos, criando uma excelente estratégia de divulgação, segurando os pontos-chave da trama, que apesar de óbvios e facilmente presumíveis por quem é fã da série, conseguiram criar um ar de "mistério" retendo as críticas, "Spoilers" e qualquer informação-chave da trama até o lançamento.

No entanto, quem acompanhou de perto o processo de divulgação do filme conseguiu facilmente sacar algumas coisas que aconteceriam na história.

ENTREGANDO A ENCOMENDA

Sobretudo, finalmente falando de Force Awekens, o sétimo filme dessa franquia, a produção tomou uma decisão sábia ao ignorar o universo expandido pelos livros, quadrinhos e outras mídias, o que, caso contrário, seria um dispendioso trabalho que agradaria somente a um núcleo de fãs específico que tenha consumido todo o material que fora produzido sobre a série fora do cinema, que é enorme e complexo, o que certamente iria deixar aqueles que só viram os filmes ou apenas as séries animados, ou um livro ocasional realmente perdidos.

É certo que a Disney é uma empresa,  e agradar o maior público possível é o que gera mais dinheiro. No entanto o fanservice não ficou de fora do filme ao trazer os personagens clássicos de volta a trama e ao tentar não explicar muito o que se passou, o que pode (ou não) dar margem para elementos do universo expandido que possam surgir no futuro.

O filme entrega o que prometeu nos trailers: uma história de ação e aventura, com notas de humor e um certo drama, que é pontual o suficiente para não chocar a "família", mas na medida certa para prender a platéia até o fim, e fazer com que ela se importa com o destino daqueles personagens.

A estrutura do roteiro é impecável e os arcos dramáticos de todos os personagens são muito bem construídos. A forma como eles seguem a estrutura dos filmes anteriores pode ser vista por alguns fãs como uma "cópia" da triologia clássica, enquanto que na verdade, para aqueles dispostos a apreciar, se trata de uma grande homenagem a uma história que se vale de tantos arquétipos culturais que é capaz de se tornar atemporal e universal.

No fim das contas, STAR WARS Episódio VII cumpre o desafio das histórias modernas: apresentar um enredo que agrade a maioria do público, sem se perder ou tornar-se irrelevante.

Comentários

Artigos populares