Micro-resenha: Ex-Machina


Dentro da ficção científica (ou SciFi) a inteligência artificial é um tema recorrente tanto na literatura como nos cinemas. Vários autores discutiram o assunto em seus contos, ressaltando aqui o meu preferido "Formiga Elétrica" do autor Philip K. Dick que recomendo a todos que queiram se aprofundar mais neste ramo da literatura!

Se você é um leitor hardcore de SciFi Ex-Machina não traz nenhuma novidade, exceto o fato de atualizar o tema e tratá-lo com um pouco mais de seriedade e menos "aventura" e "fantasia", afinal de contas, apesar de serem bons filmes, o Inteligência Artificial (2001) do Spielberg, assim como Eu Robô (2004) e O Homem Bicentenário (1999) como a grande maioria dos filmes sobre o assunto colocam a "ficção científica" como é conhecida na literatura em segundo plano, colocando em foco o drama ou a ação, coisa que não acontece neste filme.

No entanto, salvo por seus diálogos que por vezes são geniais, assim como as referências ao nosso mundo atual como os "bilionários da internet" e as "redes sociais", o filme tem um ritmo lento tentando manter uma certa tensão até que ocorram alguns plot twists que, ao meu ver estão ali só para fechar o modelo básico de roteiro.

No entanto, se você é fã de scifi como eu precisa assistir o filme que, apesar de não ser essencial, está dando o que falar por aí, além é claro de trazer para atualidade um tema que fica cada vez mais próximo da realidade!

Comentários

Artigos populares