[Crônica] O real valor do trabalho


Algumas vezes eu percebo que existe um "ranço social" que vende uma ideia de uma obrigatoriedade do sucesso sem custos. Eu costumo acompanhar muitas matérias sobre empreendedores de sucesso ou mesmo profissionais bem-sucedidos dentro de suas carreiras e uma coisa eu percebo: muitas vezes se vende a ideia de uma genialidade estilo Batman ou Tony Stark, onde o sujeito desponta do nada com uma ideia genial e ergue um império, uma fortuna ou se torna referência dentro de sua área.

Sabe o que é interessante?

Quando você percebe a fala dessas pessoas de sucesso elas sempre relatam falhas, muito trabalho e esforço pra chegar aonde chegaram. Muito diferente de uma carreira digna de um super-herói ou coisa do tipo.

O que é triste é que eu vejo muita gente achando que é azarada, ou que faz algo de errado por não ter uma carreira meteórica, ou seja, estão chateadas porque o sucesso não caiu no colo deles de bandeja. Já vi também gente irritada por perceber que precisa se esforçar no trabalho ou coisa do tipo.

Esses dias eu falei com a galera do Twitter que:
Se seu trabalho fosse fácil, provavelmente não iriam precisar de você lá!... E você estaria desempregado!
Na verdade o que te paga não é o patrão, não é empresa nem mesmo o cliente, é a relevância do seu trabalho. Às vezes fazer o que você faz parece tão difícil porque você é uma das poucas pessoas qualificadas no mercado, ao menos naquela região, para executar aquele serviço.

Pense nisso ;). 

Comentários

Artigos populares