5 frases que os psicólogos odeiam ouvir


Se você não é psicólogo, é quase certo que conhece um. Portanto, aqui, vamos revelar pra vocês 5 frases que os psicólogos odeiam ouvir para que você não repita isso com aquele seu amigo, conhecido ou parente "psi", e evite se tornar uma pessoa chata.

5. "Você é psicólogo, não é? Me diz se eu estou certo ou errado sobre..."

Nós entendemos que você pode estar passando por uma situação complicada, mas é preciso compreender que nem sempre um psicólogo está pronto pra fazer um atendimento. Afinal de contas ninguém fica ligado no "modo trabalho" 24h por dia.

Além disso, muitas abordagens clínicas carecem de todo um setting para que o atendimento ocorra. Ou seja, precisam de um local adequado para atender as pessoas.

Há também o fato de muitas abordagens proíbirem o psicólogo de atender amigos e parentes, e se você está tendo uma conversa com um psicólogo fora do consultório você provavelmente se encaixa numa dessas categorias.

E tem outro fator que vai explodir a sua cabeça: nem todo psicólogo faz atendimento clínico! Existem psicólogos sociais (meu caso), psicólogos especialistas em psicodiagnóstico que só fazem avaliações psicológicas... E por aí vai!

4. "Você está me analisando"?

Não. 

A não ser que você esteja num divã ou participando de um processo de psicodiagnóstico, não nós não estamos te analisando. Até porque nenhum profissional que se prese trabalha de graça.

3. "Vou fazer um teste psicológico, você poderia me passar as respostas?"

Não!

Pra começar, não existem respostas "certas" para um teste psicológico. A maioria deles é utilizado para elaborar o perfil da personalidade da pessoa, e a "resposta certa" vai depender do tipo de pessoa que eles estão procurando.

Além disso, alguns testes são quase impossíveis de se trapacear, tanto que alguns deles podem ser aplicados até em psicólogos.

2. "Você que é psicólogo deveria saber que..."

Muita gente quer debater com psicólogos e usar essa frase pra dizer que nós deveríamos saber alguma coisa óbvia sobre o comportamento das pessoas ou como elas são...

Mas o fato é que as pessoas que usam esse argumento geralmente não são psicólogos, o que deixa a lógica da coisa completamente furada. O mais triste é que essa frase geralmente vem seguida de qualquer absurdo que não é embasado pela psicologia.

1. "Nossa, você é psicólogo! Deveria ser uma pessoa mais equilibrada!"

Somos psicólogos, não monges!

Um psicólogo é uma pessoa como eu e você!  A gente não flutua nem lê mentes. A gente ama, chora, e vive como qualquer um. Ser formado em psicologia significa que temos algum conhecimento técnico sobre a mente humana que pode ser aplicado em situações específicas e em locais específicos. Isso não significa que nos tornamo super-heróis, monges budistas ou qualquer outra forma de "ser superior" ao nos formarmos.

Aliás, muitas abordagens psicológicas pregam que devemos aceitar nossas emoções e colocá-las pra fora e também acrescentam que ignorar ou tentar ocultar nossos sentimentos pode nos tornar pessoas doentes e amarguradas!

E aí? Concorda? Discorda? Comenta aí.

Comentários

  1. A 2 vale para qualquer área de estudo! principalmente para área de humanas e afins!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Veja também:

Artigos populares