5 dicas para ler mais rápido


Todo mundo conhece aquele leitor ávido que está sempre com um livro na mão, você provavelmente também conhece um... E fica com muita inveja dessa pessoa.

Se você se interessou por esse artigo, assim como eu, também tem problemas pra ler.
"Ah, Tiago, mas você é escritor. Escritor tem que ler muito."
Verdade, mas isso não impede que as vezes, por culpa da falta de concentração ou até mesmo pelo meu gosto literário, eu acabo tendo muitas dificuldades pra ler alguns textos. Outra coisa que descobri é que eu gosto mais de livros técnicos do que de ficção.

Enfim, neste artigo também vou usar um pouco do meu conhecimento de psicólogo pra ajudar vocês e falar de umas dicas que eu mesmo percebi ao longo do tempo.

Então, lê aí.

1. ABANDONE LIVROS.


Já conheci muito cinéfilo por aí que dormiu assistindo um filme. Mas ele é um cinéfilo, não? A própria etimologia da palavra diz que o cara é viciado em cinema... Isso não significa que a pessoa gosta de qualquer tipo de filme.

Talvez você não tenha pego a prática da leitura porque ainda não descobriu seu gosto literário. O primeiro passo pra você ler mais rápido é se empolgar com o texto. E pra se empolgar com o texto você tem que gostar!

No entanto, a gente vive num país em que livro custa caro, e o próprio ato de ler tem um "status". Por isso é meio complicado a pessoa dizer por aí que não terminou de ler o livro A ou B, principalmente se esse livro está bem cotado entre as pessoas que lêem muito.

Mas, se você está lendo pra impressionar alguém, ou só pra acompanhar uma moda, já começou errado. Abandone o livro que te dá sono. Abandone o livro que você achou difícil de ler.

Doe pra um amigo, pra uma biblioteca. Espere sair o filme, leia um resumo.

... Só não dá pra fugir de uma leitura quando ela é obrigatória. Mas aí tem outras dicas.

2. DESCUBRA ONDE VOCÊ GOSTA DE LER.


Fuja dos clichês como "ler deitado dá sono" ou, "vá para um local calmo e com silêncio". Eu vejo gente lendo deitado, gente lendo no ônibus.

Faça experiências, descubra o que é mais confortável e o que funciona pra você. As pessoas são diferentes, nem todo mundo tem sono ao encostar na cama ou no sofá. Nem todo mundo tem problemas em fazer atividades paralelas (apesar disso não ser muito recomendável).

Teste, experimente.

3. DESCUBRA COMO VOCÊ GOSTA DE LER.


"Ah, eu não consigo ler no computador, celular, tablet."
Existe todo um mito quanto a leitura em telas. Tem gente que passa o dia inteiro no Facebook, WhatsApp e semelhantes, mas alega que não consegue ler em uma tela.

Tem gente que precisa de fontes e até mesmo papéis de textura específica pra conseguir ler.

Isso tudo é muito relativo, como na dica anterior, o que vale é experimentar. Se você tentou e não conseguiu, tente de outro jeito. Mas tente antes de falar que não consegue!

4. LEIA, MAS LEIA MUITO.


Como você fica bom em algo? Praticando!

A gente vive num mundo que as vezes prega que a maioria das habilidades são natas. Bem... Não é bem assim que funciona. Se você não praticar não adianta. Se você já achou o estilo de livro que gosta, se já descobriu como e onde gosta de ler, exercite sua leitura!

5. FUJA DE TÉCNICAS MIRABOLANTES DE LEITURA.


Exercícios oculares, aplicativos milagrosos, "leitura dinâmica"... Esqueça tudo isso, a maioria dessas técnicas são ótimas em fazer uma coisa: dar dinheiro pra quem as inventou. Muitas delas não tem embasamento científico algum. Muitas delas nem mesmo tentam explicar por quê funcionam... Então por que você vai mexer com isso?

Não pule palavras. Leia cada uma delas, não importa quanto tempo levar. Esqueça esse papo de ler mais de uma palavra por vêz. A vida nos ensina que todo atalho tem seu preço, e na grande maioria das vezes, quando você usa alguma técnica acaba não lendo o livro direito e ainda perdendo tempo.

Gostou?

Mostre pra um amigo. Compartilhe. Discorda? Comenta aí!

Comentários

Artigos populares