Afinal de contas o que é "Direita" e "Esquerda" na política?

Estamos a beira de um segundo turno de eleições presidenciais e o assunto está alta nas redes sociais. Mas, será que a gente sabe mesmo o que são os partidos de direita e esquerda?

O pessoal da Porta dos fundos pode ter previsto o Fidélix, mas o Galo Frito previu o segundo turno. Detalhe genial: Lula, Dilma e Aécio são interpretados pelo mesmo ator. Entendeu a mensagem? 

CONTEXTO SOCIOCULTURAL 

Em sua obra "o mal estar na civilização" Freud já dizia que a nossa sociedade e a própria alma humana está espremida numa dualidade: o desejo versus a moral. Mas existem mutias outras dualidades que atravessam o ser humano, mas a grande parte delas passa por esse embate onde o homem se vê diante da chance de manter ou mudar o sistema que rege as coisas. Se entregar aos seus desejos ou se sacrificar em prol do status quo.

É interessante ressaltar que, em se tratando de simbologia, a "direita" sempre representou o masculino, a moral e os bons costumes enquanto que a esquerda sempre foi o símbolo do feminino, do desejo e etc.

Não só em dualidades está dividido o homem, mas em outras partes também!

CONTEXTO HISTÓRICO

Com você viu acima, essa história das coisas estarem divididas em dualidades é cultural. Mas a questão da direita e da esquerda é relativamente recente e remonta a época da Revolução Francesa e a Monarquia.

Divisão do povo na monarquia

Diz-se que historicamente na monarquia existiam três classes sociais: o clero, os nobres e o "resto". Quando haviam audiências ou assembleias, os nobres e o clero se sentavam a direita do rei enquanto que o resto da população, ou seja, o proletariado, comerciantes, fazendeiros e etc se ficavam a esquerda do Rei.

A divisão da sociedade antes da revolução Francesa

Não é preciso dizer que quando a Revolução Francesa aconteceu, aqueles que queriam manter a monarquia, ou seja, a galera que queria deixar as coisas como "estavam" era o pessoal que se sentava a direita do rei, ou seja, os nobres e o clero. E os caras que agitaram a revolução, é claro, foi a galera da esquerda.

EM RESUMO

Então podemos dizer que os partidos de direita são aqueles que prezam pelo status quo, pelas classes elevadas, a "moral e os bons costumes". Enquanto partidos de esquerda têm uma orientação política centrada na maioria da população e geralmente prega reformas na sociedade.

Mas, não se engane.

Nenhum partido é 100% de direita nem de esquerda. Aliás, quando se fala de humanidade não podemos dizer de trevas ou luz, mas sim de tons de cinza.

Se procurarmos extremistas teremos de falar de movimentos políticos árabes, que são extrema direita. Ou se dissermos da esquerda 100% estamos falando de movimentos como o comunista, ou o socialismo.

O que existe fora da teoria é apenas a inclinação. Faça um exercício, dê uma olhada em discursos políticos e tente identificar se eles são de direita ou de esquerda.

Mas eu tenho certeza que você não vai encontrar, pelo menos no Brasil, nenhum discurso que seja 100% tendencioso para um dos lados.

ARTIGOS RELACIONADOS:

Quer saber mais? Continue lendo o meu blog. Esses artigos aqui devem te interessar:

FONTES DESTE ARTIGO:


Comentários

Artigos populares