[POLÊMICA] Entendendo o Ranking da Amazon

Captura de Tela 2014-01-12 às 11.35.55

Olá leitores, escritores, nerds, fãs de psicologia e afins.

Recentemente eu participei de uma discussão num grupo de autores do Facebook onde uma velha polêmica entre os escritores independentes foi foco: o ranking da Amazon.

A POLÊMICA:


Vira e mexe vocês mesmos vêem por aqui eu comemorar meu posicionamento entre os mais vendidos ou os mais baixados gratuitamente do site. No entanto muita gente anda dizendo por aí que isso não é mérito nenhum, que os números da Amazon não se comparam com o do mercado editorial convencional,  e que muitos autores estariam usando essas estatísticas para enganar as pessoas.

Mas, será mesmo?

OS NUMEROS REAIS


Nos EUA o mercado editorial digital tem atingido números fabulosos. Autores independentes têm arrecadado milhares de dólares! O sucesso é tanto que Amazon americana anda investindo até mesmo nas fanfics, que são consideradas um mercado "underground".

Mas a versão brasileira da loja de livros digitais mais famosa do mundo está apenas engatinhando. Ainda são poucas as editoras que têm seus livros disponíveis para a venda em forma de eBook, a minha querida Draco e a Intrínseca são exemplos disso. Além do mais não é necessário vender mais do que uma casa decimal pra figurar entre os 100 mais vendidos de uma categoria, mas é preciso entender algumas coisinhas antes de criticar quem comemora essas vendas:

UM RANKING POR HORA


O ranking da Amazon, como informa o próprio site, é atualizado de hora em hora.

Vamos supor que meu conto "A Noiva do Homem Peixe" inscrito na categoria "Ficção Científica" tenha vendido 2 exemplares nessa hora e o livro "Jogador Numero 1" da mesma categoria não tenha vendido nenhuma.  Se outro livro vendeu 100 cópias há três meses e o meu não vendeu nenhuma isso não conta para o ranking naquele momento. E sim, supondo que nenhum outro livro tenha vendido mais cópias, naquela HORA, eu posso ficar em primeiro lugar naquela categoria... Mas só naquela hora!

CATEGORIAS VERSUS RANKING GERAL


Existem dois tipos de Ranking na Amazon: o Ranking DO SITE, que contabiliza TODOS OS LIVROS e o ranking de categorias. Este último nos diz que os livros de fantasia do Harry Potter não estarão competindo com o terror de Lovecraft, pois são de CATEGORIAS diferentes. Quando você tem esse filtro fica mais fácil figurar entre os mais vendidos.

Mas há também o RANKING GERAL que contabiliza ao mesmo tempo TODOS os livros mais vendidos naquele momento, não importando em qual categoria eles estejam inscritos.  Pra fica entre os 100 mais vendidos do site já é necessário vender algumas dezenas de livros naquela hora.

Eu mesmo já estive entre os 20 livros mais vendidos de todo o site. Ontem meu conto "Nem Tudo Que Brilha é Ouro" esteve entre os 50 mais baixados gratuitamente do site.

Mais a quantidade de tempo que se permanece entre os mais vendidos também é relevante, como nos mostra o próprio ranking do site:

Captura de Tela 2014-01-21 às 18.02.40


[Clique na Imagem para ampliar]

Repare que, apesar do livro do MARTIN estar em primeiro lugar, A Batalha do Apocalipse já está há 68 dias entre os mais vendidos!

O PREÇO TAMBÉM CONTA


Mesmo que um livro se mantenha entre os mais vendidos, na minha opinião o preço ainda pesa. Um livro de uma editora convencional tem sua cópia digital vendida na Amazon  por a partir de R$10. Enquanto isso alguns eBooks estão a venda por R$1,99 [como é o caso de muitos dos meus]. Será que tem o mesmo peso estar entre os mais vendidos a R$10 e a R$2? Claro que não.

É por isso que eu vendo apenas os contos por R$1,99 que é o preço mínimo, afinal de contas eles tem poucas páginas e deram menos trabalho pra escrever. Meus livros você só vai encontrar a preços superiores a R$5,99.

ENTÃO PODE COMEMORAR?


De qualquer forma estar entre os livros mais vendidos da Amazon é uma vitória pra qualquer escritor já que quando você publica seu livro lá, está disputando com milhares de outras obras. Eu tenho o sonho de ficar, nem que seja por apenas uma hora, na posição de mais vendido de TODO O SITE, o que eu chamo carinhosamente de o "topo da Amazon".O mais perto que cheguei até o momento em que escrevo esse artigo foi os 20 mais.

No entanto estar entre os 100+ mesmo que seja nas categorias significa que sua obra está de fato sendo vendida. Que algumas pessoas pagaram o valor, mesmo que de R$1,99, para ter acesso ao conteúdo que você, com tanto carinho, criou. E isso é super importante.

Cada venda, cada escalada no Ranking é especial para o escritor e representa um gesto de fé do público no seu trabalho. Além disso, pode ser RELATIVAMENTE fácil chegar entre os 100 mais vendidos das categorias, mas é importante lembrar que, como eu disse, há milhares de outras obras que, pelo menos naquela hora, não estão vendendo NENHUMA CÓPIA.

Então, escritor, não fique tímido. Comemore sempre que estiver entre os 100 mais vendidos de sua categoria, ou quem sabe do site. E saiba que, naquele momento, você está entre os melhores!

Espero vocês no "topo da Amazon".

=)

Comentários

Postar um comentário

Veja também:

Artigos populares