ANCORNER: Tomos do Conhecimento Humano

"Ancorner é um tipo de literatura, um tipo de arte, que quase não se vê mais nas livrarias hoje em dia" - Armando Nascimento, Livreiro.


Ancorner Veermer


ANCORNER é uma antologia que reúne diversos contos com narrativa não linear onde somos apresentados a personagens complexos que têm suas vidas mudadas por um sonho. Este livro tem conteúdo estritamente artístico e traz através de sua narrativa subversiva expressões profundas retirados dos mais obscuros sentimentos humanos.


O texto irá levar o leitor a reflexões profundas sobre as emoções humanas, as relações interpessoais e até mesmo a extensão da realidade.


Os contos podem ser adquiridos em formato único no eBook ANCORNER ou separadamente.


ANTOLOGIA [TODOS OS CONTOS NUM SÓ LIVRO] VERSÃO DIGIAL:




ANTOLOGIA ANCORNER EM VERSÃO IMPRESSA:




CONTOS SEPARADOS [VERSÃO DIGITAL]


Ancorner Conhecimento Ancorner ouro Ancorner algébrica Ancorner guitarraAncorner Astrogildo Ancorner Afasia


SINÓPSE DO LIVRO:


Repleto de referências a filosofia, espiritualidade e psicologia, Ancorner é um conjunto de contos onde uma entidade misteriosa visita os sonhos dos personagens de cada história e muda o rumo de suas vidas de uma maneira surpreendente.
Repleto de figuras de linguagem, Tiago Cabral nos apresenta um texto belo e tocante que beira a poesia imprimindo verossimilhança através do delírio cotidiano e construindo personagens profundos que cativam o leitor de forma magnética.
Este livro contém os contos:
"Conhecimento é poder" que nos apresenta a visão de mundo de um executivo amargurado por sua falta de contato com a realidade.
"Nem tudo que brilha é ouro" leva a mente de uma mulher frustrada por uma paixão não correspondida apresentada através do ponto de vista de um observador paranóico que narra a história como se fosse onisciente.
"A Guitarra e o violoncelo" descreve o relacionamento simbiótico de um casal que está prestes a enfrentar um grande dilema.
"A algébrica caluniana" que conta a história de um catedrático que reflete sobre o significado de sua vida.
"Astrogildo" no qual protagoniza um mendigo que se diz profeta.
"Deus está morto" aonde um presbítero enfrenta um dilema de fé.
E por fim, mas não menos importante, o conto que fecha com chave de ouro o livro: afasia.

Comentários

  1. […] Então, na noite retrasada (3/10/2013) eu estava com 3 livros entre os mais vendidos de suas categorias! “Um Sonho de Três Noites” (publicado pela Draco), SARLACK: O Grande Dragão Verde e a antologia ANCORNER! […]

    ResponderExcluir
  2. Todos os contos valem a pena, então, sugiro que as pessoas adquiram o livro completo de uma vez, rs.
    Mas, em uma escolha pessoal (que pode variar conforme as fases da vida), acredito que tenha leve preferência por "Nem tudo que brilha é ouro" e "A Guitarra e o Violoncelo".
    Os textos se desenvolvem de uma maneira diferente e, talvez, a melhor descrição sobre isso esteja inserida dentro do próprio livro, quando o autor menciona que: "Ancorner não obedece à narrativa de um livro comum, com uma linha lógica de acontecimentos, fatos que se encaixam em 'um começo, meio e fim', porque sonhos não possuem essa estrutura".
    Enfim, como a narrativa é diferente, exige-se uma postura diferente do leitor, o que pode ser um prazeroso desafio.
    Guardo minha edição impressa (de 2010) com o maior carinho, e de vez em quando ainda reabro, para ver se algum pedaço dos sonhos passou despercebido por mim.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Veja também:

Artigos populares