Compra-se almas. Paga-se pouco.

E se o demônio de chifre e tridente, de terno e gravata, de tubinho vermelho e seios fartos aparecesse diante de você para comprar a sua alma.

Por quanto você a venderia?

Muitas pessoas dizem que não a venderiam. Pois a alma é o “anima” é o “espírito”, aquilo que nos move. Ou, como nós psicólogos costumamos chamar: consciência ou mente.

Por quanto você venderia seus sonhos, ideais, as coisas que você enquanto pessoa preza ou representa.

A resposta sábia é “não venderia”.

Mas... Tem muita gente por aí vendendo a alma todo dia. E vendendo barato.

Vendendo pelo comodismo da rotina.

Vendendo pela ilusão de segurança.

Vendendo pela isenção de responsabilidades.

Vendendo pela preguiça de pensar.

Toda vez que você abandona o sonho, deixa de defender seus pensamentas ou abdica do direito de opinar, sim. Você vendeu sua alma.

Já parou pra pensar no quão barato você é?

Nas vezes em que vendeu seu caráter por preguiça?

Compra-se almas. Paga-se pouco.

Comentários

  1. Vendemos msm E por mto pouco No primeiro obstáculo nos prostituímos pq somos preguiçosos TODOS!

    ResponderExcluir
  2. compre a minha alma tá ai eu levo a menssagem de vocês a eu quero ganhar com o sinal passa na minha conta de imail pra negociar

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Artigos populares