[Resenha] A Batalha do Apocalipse

Apesar de bem escrito se tivermos por foco uma "estrutura literária", o livro tem personagens com um passado extenso, porém de personalidades muito rasas cujos conflitos são questionáveis e inverossímeis tornando-os as vezes infantis e extremamente inocentes dificultando em muito a empatia com o leitor. Além disso as descrições do ambiente, que muitas vezes se limitam apenas a informações técnicas sobre os lugares e objetos com os quais os personagens encontram, compõe um discurso narrativo pobre que dá ao leitor a impressão de se tratar de um texto de "guia turístico" e não um romance. Os flashbacks, por vezes, são fora do contexto da linha principal da história e extremamente anti-climáticos fazendo com que você tenha vontade de simplesmente pular-los por desenvolverem histórias paralelas ao contexto principal sem nenhuma amarração com o mesmo.
No entanto, o estilo do autor nos remonta muitas vezes as franquias de cinema, e isto cativa o grande publico justificando o enorme sucesso!

Comentários

Artigos populares